Marilyn Manson é acusado de estupro e abuso sexual pela atriz Evan Rachel Wood

Foto: Instagram pessoal @evanrachelwood

Na manhã dessa segunda feira (01/02), a atriz norte-americana Evan Rachel Wood, famosa pelos filmes “Aos Treze” (2003), “Across the Universe” (2007), dentre muitos outros, utilizou seu Instagram pessoal, para expor o cantor Marilyn Manson, com quem namorou entre 2006 e 2010.

Em 2016, Wood disse a um repórter da Revista Rolling Stones que havia sido estuprada duas vezes a muitos anos. Ela afirmou que ainda sofria muito com a experiência, mas ela estava recordando seu passado para ajudar outros sobreviventes de abuso doméstico.

Evan discursou no Congresso Americano e no Senado da Califórnia sobre esses abusos sexuais, e sobre o relacionamento conturbado que viveu, no qual sofria violência e abusos psicológicos quase que diariamente, porém na época, ela não divulgou os nomes dos abusadores. Por conta desses abusos, a atriz até tentou suicídio, quando tinha 22 anos e ficou internada por um curto período de tempo em um hospital psiquiátrico.

Nesta segunda-feira, Evan decidiu revelar o nome do ex-namorado:

O nome do meu abusador é Brian Warner, também conhecido como Marilyn Manson. Ele começou a me assediar quando eu ainda era uma adolescente e abusou terrivelmente de mim por anos. Eu sofri uma lavagem cerebral e fui manipulada à submissão. Eu cansei de viver com medo da retaliação, difamação ou de chantagens. Eu estou aqui para expor esse homem perigoso e denunciar as indústrias que o permitem atuar, antes que ele arruíne outras vidas. Eu fico com as muitas vítimas que não ficarão mais em silêncio.

Evan Rachel Wood

Marilyn Manson respondeu que as alegações são “distorções horríveis da realidade”:

Obviamente minha arte e minha vida sempre foram ímãs de polêmica, mas essas afirmações recentes sobre mim são distorções horríveis da realidade. Meus relacionamentos íntimos sempre foram inteiramente consensuais com parceiras que pensam da mesma maneira.

Marilyn Manson

Outras quatro mulheres também compartilham relatos de abuso por parte de Marilyn Manson, por conta disso, a gravadora que ele fazia parte, a Loma Vista rompeu o contrato com o artista.

Dudu Guerreiro

Sou fundador da Chá de Fita, amo escrever e sou amante da cultura brasileira, além de ser fotógrafo, produtor de eventos e ilustrador.