➤ 9 discos LP’s mais valiosos da música brasileira

E aí galera! Sejam muito bem vindos ao blog da Chá de Fita!

Na postagem de hoje eu vou mostrar pra vocês os 9 discos LP’s mais caros da música brasileira, alguns podem chegar a custar milhares de reais.

A alguns anos a cultura do vinil vem voltando a tona no Brasil e no mundo, e os LP’s mais antigos e bem conservados hoje em dia podem valer muito, dependendo muito do ano de prensagem, artista e fama do disco.

Antes de tudo, eu gostaria de pedir pra você visitar agora mesmo nosso site www.chadefita.com.br e confira todas as nossas camisetas, eu tenho certeza que você vai amar todas, tem muita estampa de artistas brasileiros que você não encontra em nenhum outro lugar.

 

Bom galera, nesse post eu vou mostrar pra vocês os LP’s mais valiosos da música brasileira, assistam até o final porque eu no final eu vou mostrar para vocês um bônus, o disco mais caro da história da música, então fica aí até o final.

 

1 – Em 9º lugar em nossa lista de discos brasileiros mais caros da história nós ficamos com o disco Robson Jorge & Lincoln Olivetti (1982).

Robson Jorge e Lincoln Olivetti são uma dupla de músicos que influenciaram boa parte da música brasileira dos anos 70 ao final dos 80. Eles eram muito requisitados para tocar com os maiores artistas da época, pra você ter uma idéia, no ano de 1982 Lincoln chegou a marca de 360 arranjos registrados, é praticamente 1 por dia, ele fez arranjos para Gal Costa, Gilberto Gil, Tim Maia, Jorge Ben, Roberto Carlos, Caetano Veloso, ângela Roro, Maria Bethânia, dentre centenas de outros artistas grandes da música.

O disco deles 1982, nem era tão difícil de se encontrar nas melhores bancas, a 17 anos atrás eles custavam cerca de 50 reais nas melhores lojas de disco, mas o disco é considerado tão bom, que hoje em dia uma cópia original da época pode chegar a custar até 600 reais, e por incrível que pareça, uma cópia original da fita k7 do álbum custa em torno de 1000 reais, a fita k7 é uma mídia que vem retomando o gosto do público, e acho que nos próximos anos ela vai voltar a ter um uso considerável.

Robson Jorge e Lincoln Olivetti (1982)

2 – Em 8º lugar de discos mais valiosos do brasil temos um disco de Rap do grande Sabotage, Rap é compromisso do ano de 2000, que é na verdade o único disco que ele deixou pra gente na sua curta vida. Pra quem não sabe, Sabotage foi assassinado em 2003, no bairro Saúde na zona Sul de São Paulo, quando entrava em seu carro, então um homem o abordou e disparou 4 tiros no músico, ao lado do corpo do cantor foi encontrada uma máscara preta, a motivação do crime até hoje não é conclusiva.

Tem vários motivos pra esse disco ser consideravelmente caro, o álbum é considerado o disco mais importante do Rap brasileiro e outro motivo é que na época os CDs reinavam nas prateleiras das lojas, e poucos artistas se arriscavam a prensar seus vinis, então pouquíssimas cópias foram gravadas, o LP do Sabotage foi prensado no ano de 2002, um ano antes de seu falecimento e atualmente eles podem chegar a valer em bom estado uns 700 a 800 reais.

Sabotage Rap é Compromisso

 

3 – Em sétimo lugar nós temos aqui mais um CD de rap, da grande banda Racionais MC’s.

No seu sexto álbum de estúdio “Nada como um dia após o outro” de 2002, eles decidiram fazer uma versão quádrupla luxuosa em vinil. Esse é dito como o melhor disco da banda e por causa disso, se você estiver pensando em adquirir um desses hoje em dia, vai ter que desembolsar a bagatela de 1500 reais.

Racionais MC's - Nada como um dia após o outro

4 – Pra quem me conhece sabe que um dos meus artistas preferidos de todos é o grande Raulzito, então quem quiser me dar um presente, já sabe que eu ficaria muito feliz com esse vinil. Nosso sexto lugar de discos mais caros da música brasileira está o Let me sing my Rock’N’Roll de 1985, ele é um disco diferente, porque foi o primeiro álbum lançado e organizado por um fã clube brasileiro, ele teve apenas 1000 tiragens e numeradas e hoje em dia um em bom estado está custando cerca de 2500 reais a 3500 dependendo do número do disco.

Raul Seixas - Let me sing my Rock’N’Roll de 1985

5 – O quinto lugar dessa lista vai pra um de meus cantores prediletos, Tim Maia, que em uma fase de sua vida, resolveu seguir a seita Cultura Racional, mudando totalmente seu estilo de vida. Durante essa fase, mais precisamente em 1975, Tim lançou um disco duplo chamado Tim Maia Racional Volumes 1 e 2, atualmente uma cópia em ótimo estado de conversação pode chegar a bagatela de 4000 mil reais

Tim Maia Racional volume 1 e 2

6 – O próximo disco de nossa lista é um ao vivo do Jorge Ben gravado em 1972 intitulado de On Stage, esse show foi gravado no Japão juntamente com Trio Mocotó. O disco foi lançado apenas no país asiático e com tiragem limitada, então é um dos discos mais raros de se encontrar aqui no Brasil, por toda essa raridade, ele enche os olhos de qualquer colecionado, hoje em dia você encontra esse disco por um média de 7000 mil reais em bom estado de conservação.

Jorge Ben - One Stage 1972 live in Japão

7 – O terceiro lugar dessa lista pertence ao músico que mais vendeu discos em todo Brasil, o rei Roberto Carlos. O seu disco de estreia que na época foi um fracasso hoje em dia é u dos discos mais procurados por todos os colecionadores no Brasil e no mundo. Justamente por ele ter sido um fracasso, logo ele foi tirado de circulação, até o próprio Roberto renega esse disco, então como ele ficou bem raro de se encontrar, o disco pode chegar a valer 7500 reais por ai.

Roberto Carlos - 1961 - Louco Por Você

8 – O segundo disco mais caro da música brasileira apesar de ser desconhecido pela maioria é considerado por muitos fãs como o melhor disco que a música brasileira já produziu, Coisas, de Moacir Santos, de 1965, graças a isso, esse disco original da época pode chegar a 8000 reais facilmente.

Moacir Santos - 1965 - Coisas

9 – E agora em primeiríssimo lugar nós temos o disco mais caro da música brasileira, o Paêbiru do ano de 1975, álbum psicodélico que nasceu da parceria de Lula Cortês e Zé Ramalho, ele é um disco com tanta história que tem até um documentário sobre ele. O disco teve uma prensagem limitada de 1300 cópias, e após isso 1000 discos se perderam em uma enchente que teve na época em recife, o que o tornou ainda mais raro, as edições originais em bom estado chegam a custar mais de 10 mil reais, e aí já pensou em vender o carro pra comprar um vinil?

Lula Côrtes e Zé Ramalho - 1975 - Paêbiru

Bom galera, como eu falei pra vocês eu ia deixar um bônus aqui no post, então eu resolvi mostrar o disco mais caro da história da música mundial, o LP do grupo de rap Wu-Tang Clan intitulado de Once Upon a Time in Shaolin, que gravou o álbum escondido durante 6 anos e só fez a prensagem de 1 unidade no ano de 2014, que foi guardado em uma abóbada segura no Royal Mansour Hotel em Marrakesh no Marrocos. Então o disco foi leiloado e pagaram nele a bagatela de 2 milhões de dólares, tornando o projeto musical mais caro já vendido em todo mundo, até o Guinness Book certificou o álbum como o disco mais valioso existente.

Além do LP, o comprador levou a caixa prateada que envolvia o disco, artefatos variados e um par de alto falantes customizado. Outra curiosidade desse álbum é que o comprador tinha que assinar um termo que garantisse que o álbum não fosse disponibilizado, nem comercializado por um período de 88 anos, e aí, você pagaria?

Wu-Tang Clan | Once Upon a Time in Shaolin

Bom galera, então por hoje foi isso, espero que você tenha gostado de conhecer os LPs mais caros da música brasileira e também o disco mais caro de todo mundo, se você gostou mesmo não esqueça de deixar um emoticon aqui no post, e visite nosso site www.chadefita.com.br e confira todas as nossas estampas, eu tenho certeza que você vai amar várias!

Então galera, por hoje é só, valeu!

Dudu Guerreiro

Blogueiro, desenhista, fotógrafo...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *