24 anos sem Chico Science: Um acidente que gerou uma ação milionária contra a Fiat

Acidente de Chico Science

No dia 2 de fevereiro de 1997, Chico Science estava dirigindo pela rodovia PE-1, sentido Olinda/Recife, com o Uno Mille de sua irmã Goretti. Chico e o comediante e músico Antônio Nóbrega, iriam se apresentar juntos a partir das 20hrs, na praia de Boa Viagem, em Recife. Eles iriam se apresentar em cima de um trio elétrico, durante o desfile do bloco Na Pancada do Ganzá, criação de Nóbrega.

Chico Science estava dirigindo sozinho pela rodovia, quando por volta das 18:30 (19:30 no horário de Brasília), seu carro foi fechado por outro veículo, ao tentar desviar, o carro derrapou e se chocou com um poste bem em frente à Escola de Aprendizes-Marinheiros, no Complexo de Salgadinho.

O músico deu entrada no Hospital da Restauração, as 20hrs, mas infelizmente já chegou sem vida. As causas da morte foram fraturas múltiplas na face, traumatismo craniano e afundamento do tórax. Pelo menos 10 mil pessoas passaram pelo velório de Chico Science, para se despedir do artista. O estado de Pernambuco decretou luto oficial de 3 dias.

Após a perícia, ficou constatado que o acidente só foi fatal devido a um problema de fabricação do Uno Mille que Chico dirigia, o carro tinha um problema na fivela do cinto de segurança, o mecanismo se partiu durante a batida, o que fez o cantor ser arremessado para o outro lado do veículo.

Dez anos depois a família de Chico Science recebeu cerca de 10 milhões de reais, o cálculo foi feito com base no patrimônio que Chico Science teria acumulado com a carreira na música até os 65 anos.

Dudu Guerreiro

Sou fundador da Chá de Fita, amo escrever e sou amante da cultura brasileira, além de ser fotógrafo, produtor de eventos e ilustrador.